Maurício Castro: “Joker, um canto à luita de classes”

CULTURA | O professor e ativista Maurício Castro realiza em Twitter umha interessante crítica do filme Joker em chave de luita de classes “vinculada à denúncia da opressom capacitista”. Aliás, num segundo momento, compara o filme de Todd Phillips com Era umha vez em Hollywood, de Tarantino, que considera “absurdamente reacionário”. Polo interesse que têm,…

A Vizinha Amada, Lídia Jorge escreve sobre a Galiza

CULTURA | “Por alguma coisa, os galegos têm no seu hino a palavra “generosos” como o qualificativo mais importante de todos. Um dos dias de maior alegria da minha vida, confesso, foi precisamente, quando me apercebi que os galegos me tinham chamado para sua companhia e me concederam esse epíteto, de generosa, que em galego…