A Vizinha Amada, Lídia Jorge escreve sobre a Galiza

Lídia Jorge egu.jpgCULTURA | “Por alguma coisa, os galegos têm no seu hino a palavra “generosos” como o qualificativo mais importante de todos. Um dos dias de maior alegria da minha vida, confesso, foi precisamente, quando me apercebi que os galegos me tinham chamado para sua companhia e me concederam esse epíteto, de generosa, que em galego se pronuncia xenerosa”.

Lídia Jorge, uma das maiores escritoras em língua portuguesa, publicou recentemente um artigo no Jornal de Letras, artes e ideias sobre a Galiza e a sua relação com a nossa nação. Além de uma formosa declaração de amor ao povo galego, a autora portuguesa demonstra um profundo conhecimento do nosso país e especialmente da cultura galega.

A escritora mostra-se particularmente feliz de ter sido nomeada Escritora Galega Universal pola Associação de Escritoras e Escritores em Língua Galega (AELG) no ano 2013. Lembra-o com estas palavras: “Esse foi, na verdade, um dia singular. Fizeram-me os galegos escritora galega universal, colocando-me ao lado de Pepetela, Elena Poniatowska, Antonio Gamoneda ou José Luis Sampedro”.

LER O ARTIGO NA ÍNTEGRA

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s